O Baryonix media 14 m de comprimento e tinha maxilas e dentes semelhantes aos  de crocodilo. Sua boca tinha 90cm de comprimento.

Era um spinossaurídeo (família de dinossauros carnívoros com uma espinha nas costas) e  um dos maiores.

A sua  dieta preferida era lepidotes com um metro de comprimento.

Tinha garras com 38 cms, óptimas para pescar peixe.

A primeira parte a ser descoberta foi uma das suas garras. Só depois foi descoberto cerca de 60 % do animal, só faltando a cauda.

Seu nome significa “garra dura”.

O Baryonix vivia em planícies inundáveis e cobertas de árvores, perto de rios e de superfícies de água, onde cresciam coníferas,cidáceas, araucárias, fetos e cavalinhas. Partihlava esse habitat com numerosas espécies, tais como o Megalossauro carnívoro e o  Iguanodon herbívoro.Tartarugas e crocodilos viviam na água, enquanto as libelinhas sulcavam pelos ares.

Descoberta

Em 1983, um amador colecionador de fósseis descobriu uma das garras do polegar do Baryonix num terreno argiloso de Surrey,Inglaterra. Na Primavera seguinte uma equipa de cientistas do Museu de História Natural de Londres, explorou o local e encontrou o esqueleto fossilizado do animal. Só lhe faltava a cauda.

Um pescoço comprido

O Baryonix era um carnívoro bípede com um crânio estreito e maxilas semelhantes às do crocodilo. As patas anteriores eram robustas e tinham os dedos armados com garras encurvadas.

Possuía um longo pescoço rectilíneo, invulgar num carnívoro, com a forma de um “S”. Tinha uma longa cauda direita.

Anúncios